O Canal do Rio Grande

Liminar impede posse de Elenir Winck na presidência do MTG

Compartilhe

A candidata Elenir Winck, da cidade de Panambi, de 61 anos, foi anunciada na noite desse sábado, 11, como vencedora na disputa para a presidência do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG). Foi a disputa para se escolher a primeira mulher a liderar o tradicionalismo no estado em todos os tempos.

Após um incrível empate nos votos com a passo-fundense Gilda Galeazzi (530 x 530), observou-se o critério da maior idade dentro do conselho da chapa. Foi anunciada a vitória para Elenir Winck. Entre brancos e nulos, foram cinco votos. 

A eleição aconteceu no Congresso Tradicionalista Gaúcho em Lajeado, no Vale do Taquari. 

Entretanto, a partir de liminar obtida pela chapa de Gilda Galeazzi na manhã deste domingo junto à Justiça de Lajeado, houve o impedimento para a posse de Elenir. A posse aconteceria ao lado dos coordenadores das regiões tradicionalistas.

A defesa entende que Gilda deveria ser declarada vencedora por ter mais idade, 64 contra 61 de Elenir. 

Os desdobramentos terão sequência nos próximos dias.

Leia Também Melodia Solidária: artistas fazem campanha em benefício de colegas em tempo de coronavírus Luiz Dickel está no ar nas noites de domingo no Canal do Rio Grande CTG de Serafina Corrêa faz doação para hospital e Brigada Militar Tradicionalistas se despedem do cantor e compositor Airton Pimentel